6 Motivos Para Fazer Um Web site Corporativo O Quanto Antes


Quatrorze Truques E Dicas Pra Instagram


Donos de organizações de comércio eletrônico e comerciantes de alimentos compartilham 12 dicas a respeito de como criar e gerir uma corporação do setor alimentar online bem-sucedida. A venda de alimentos online é um dos negócios de comércio eletrônico mais complexo de ter sucesso. Montar um blog apetitoso é, em si mesmo, um estímulo, garantindo que seus produtos (tipicamente perecíveis) cheguem com aparência e sabor deliciosos como eles aparentavam no web site, podes ser um pesadelo.


Logo, o que podes um estreante fornecedor de alimentos online fazer pra ajudar a assegurar que seu negócio de comércio eletrônico não vá mal? A seguir estão 12 dicas de proprietários de empresas do setor alimentício bem-sucedidos no comércio eletrônico e marketing. 1. Oferecer algo que é distinto (ou melhor) do que está lá fora. Nicole Bandklayder, criador dos Cookies Cups.

  • Quanto irei receber ao participar do Programa
  • Estudo de Caso
  • 8 - NCES Kids Zone
  • O formato engessado da ferramenta
  • Submeta o teu web site para os directórios principais

No entanto um cookie que se parece com um cupcake? ]. Na indústria alimentar do comércio eletrônico, se você não assegurar o transporte, você não tem um negócio. A título de exemplo, a FedEx não entrega produtos perecíveis no final de semana, assim sendo uma entrega de tempo de quatro a cinco dias só será cumprida caso o pedido seja feito pela segunda-feira ou terça-feira.


4. Faça teu blog um real reflexo de quem você é. Você quer que teu web site ou Internet design transmita neste momento qual a circunstância de tua companhia. Torie Burke, co-fundadora, Torie & Howard, um negócio de comércio eletrônico que vende doces orgânicos. A questão de fundo: "descobrir uma forma de se diferenciar da multidão", diz ela.


E se você depender, contrate um internet designer que podes ajudá-lo a desenvolver esse observar original. Muitos provedores de soluções de comércio eletrônico fornecem aos usuários uma listagem de parceiros de projeto recomendados que podem socorrer a personalizar os seus modelos. 5. Tornar a busca por produtos acessível. Tolomeo, o que torna simples para os consumidores fazerem compras.


6. Use ótimas imagens. Bandklayder. "Passar os fundos extras pra contratar um grande fotógrafo e fazer seus produtos olhar o teu melhor." Faça o que fizer, todavia, não utilize fotografias - ou imagens encontradas no site de um concorrente. Em vez disso, os freguêses querem observar exatamente o que é que estão comprando. 7. Faça as suas especificações do artefato único. Sara Lancaster, comunicadora chefe do The Condiment Marketing Company. 8. Inclua vídeos produtos. Lancaster. Ou "fazer um teste de gosto cego com o teu produto e marcas concorrentes e vídeo do experimento." Você bem como pode formar uma montagem de vídeo de clientes que apreciam o(s) seu(s) artefato(s), com música de reforço(acrescento) de humor.


O ponto é, as pessoas são muito "visual", e "vídeo tem choque", observa ela. E não se esqueça de falar sobre este tema seus filmes no YouTube, Facebook e Instagram! 9. Acrescentar comentários de freguêses e depoimentos. Aihui Ong, fundador e CEO, Love With Food, um serviço de assinatura que apresenta kit lanche todo natural-orgânico. Do mesmo modo, se um freguês elogia seu artefato, em mídias sociais ou rodovia e-mail, cite-o em teu website (com permissão, é claro).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *